<!-- --><!-- --><style type="text/css">@import url(https://www.blogger.com/static/v1/v-css/navbar/3334278262-classic.css); div.b-mobile {display:none;} </style> </head><body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d16243632\x26blogName\x3dCasa+do+Humor\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://casadohumor.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://casadohumor.blogspot.com/\x26vt\x3d-2102357020517211275', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script><!-- Begin #sidebar -->


Hoje é:
:: Adicione em seu Favoritos ::
:: Faça deste site sua página inicial ::






Drabiu, drabiu, drabiu!
Clique AQUI para ver

Jornal da Lilian!
Clique AQUI para ver

Numerada do Morumbicha
Clique AQUI para ver

O trote do Pânico q naum foi ao ar!
Clique AQUI para ouvir.

Fernando Vanucci bêbado no Bola na Rede!
Clique AQUI para ver

Amebas x Microsoft
Clique AQUI para ouvir!

O tira-gosto é língua!
Clique AQUI para ver

Qual a diferença entre o poste, a mulher e o bambu?
Clique AQUI para ver

O japonês e o cubo mágico!
Clique AQUI para ver
Google

 
 

segunda-feira, agosto 14, 2006

 

Desordem no Tribunal
Contribuição - Alexandre Pereira

Estas são passagens retiradas do livro "Desordem no Tribunal". São coisas que as pessoas realmente disseram, e que foram transcritas textualmente pelos taquígrafos, que tiveram que permanecer calmos enquanto esses diálogos aconteciam à sua frente.

Advogado: Qual é a data do seu aniversário?
Testemunha: 15 de julho.
Adv.: Que ano?
Test.: Todo ano.
_________________________

Adv. : Essa doença, a miastenia gravis, afeta sua memória?
Test. : Sim.
Adv. : E de que modo ela afeta sua memória?
Test. : Eu esqueço das coisas.
Adv. : Você esquece... Pode nos dar um exemplo de algo que você tenha esquecido?
_________________________

Adv. : Que idade tem seu filho?
Test. : 38 ou 35, não me lembro.
Adv. : Há quanto tempo ele mora com você?
Test. : Há 45 anos.
_________________________

Adv. : Qual foi a primeira coisa que seu marido disse quando acordou aquela manhã?
Test. : Ele disse, "Onde estou, Bete?"
Adv. : E por que você se aborreceu?
Test. : Meu nome é Célia.
_________________________

Adv. : Me diga, doutor... não é verdade que, ao morrer no sono, a pessoa só saberá que morreu na manhã seguinte?
_________________________

Adv. : Seu filho mais novo, o de 20 anos...
Test. : Sim.
Adv. : Que idade ele tem?
_________________________

Adv. : Sobre esta foto sua... o senhor estava presente quando ela foi tirada?
_________________________

Adv. : Então, a data de concepção do seu bebê foi 08 de agosto?
Test. : Sim, foi.
Adv. : E o que você estava fazendo nesse dia?
_________________________

Adv. : Ela tinha 3 filhos, certo?
Test. : Certo.
Adv. : Quantos meninos?
Test. : Nenhum
Adv. : E quantas eram meninas?
_________________________

Adv. : Sr. Marcos, por que acabou seu primeiro casamento?
Test. : Por morte do cônjuge.
Adv. : E por morte de que cônjuge ele acabou?
_________________________

Adv. : Poderia descrever o suspeito?
Test. : Ele tinha estatura mediana e usava barba.
Adv. : E era um homem ou uma mulher?
_________________________

Adv. : Doutor, quantas autópsias o senhor já realizou em pessoas mortas?
Test. : Todas as autópsias que fiz foram em pessoas mortas.
_________________________

Adv. : Aqui na corte, para cada pergunta que eu lhe fizer, sua resposta deve ser oral, ok? Que escola você freqüenta?
Test. : Oral.
_________________________

Adv. : Doutor, o senhor se lembra da hora em que começou a examinar o corpo da vítima?
Test. : Sim, a autópsia começou às 20:30 h.
Adv. : E o sr. Décio já estava morto a essa hora?
Test. : Não... Ele estava sentado na maca, se perguntando porque eu estava fazendo aquela autópsia nele.
_________________________

Adv. : O senhor está qualificado para nos fornecer uma amostra de urina?
_________________________

Adv.: Doutor, antes de fazer a autópsia, o senhor checou o pulso da vítima?
Test: Não.
Adv.: O senhor checou a pressão arterial?
Test: Não.
Adv.: O senhor checou a respiração?
Test: Não.
Adv.: Então, é possível que a vítima estivesse viva quando a autópsia começou?
Test: Não.
Adv.: Como o senhor pode ter essa certeza?
Test: Porque o cérebro do paciente estava num jarro sobre a mesa.
Adv.: Mas ele poderia estar vivo mesmo assim?
Test: Sim, é possível que ele estivesse vivo e cursando Direito em algum lugar!!!

Postado por Stick as 4:52 PM

 


Comments:
auhahauhauhua....oteeeeeemo...u ultimo eh fodastico....
 
"¬¬ aff!
 
"¬¬ aff!
 
Postar um comentário
Design by: Michel Dutra
Copyright DiárioDoHumor.com.br - Todos os direitos reservados!

Contribuições
Anuncie AQUI!
Fale conosco
Recomende este site!



 

 
Que nota vc dá para o Diário do Humor?

10!
100!!
1.000!!!

 

 

www.perolaspoliticas.com

 

 
visitantes on line!

eXTReMe Tracker


Diário do Humor nos seus FAVORITOS


Faça do Diário do Humor a sua página inicial
Faça do Diário do Humor a sua PÁGINA INICIAL


 

.